26.6.05

Tom Zé


Proposta de Amor

Quem conhece Estudando Pagode - Segregamulher e Amor pode imaginar o show, o alinhamento, as variações, os urros, as palavras de ordem.

Com um casaco que podia ser Jean Paul Gautier mas que neste cara resultaria sempre numa imagem de sem abrigo, recriando a todo o instante uma encenação de pagode de favela e com muita piada, Tom Zé foi botando discurso contra a exploração das mulheres e das menininhas. Em casa e na rua. Sempre ironizando com a globalização. Intercalando com a defesa da língua portuguesa. E este cara tem talento para ser transparente e sério, rindo e inventando e experimentando muito. Sem nunca perder o ritmo, é claro!

Agradecemos a David Byrne que o relançou quando um prédio de dez andares parecia cobrir seu túmulo.

Foi assim, ontem à noite, no jardim do Palácio de Cristal. Preço: 8 € (menos 12 € que o bilhete para o concerto da Adriana Calcanhotto em Aveiro)


MRF

2 comentários:

lunar disse...

:( tive q perder o Tom Zé...mas foi mesmo por um motivo importante. senão seria imperdoável....
pronto: tive q me confessar em algum lado. obrigada MRF

MRF disse...

Angela, mas que vida é essa!:)
Abandona-se o Desassossegado, o Tom Zé, ... mas enfim, deve ser por uma boa causa ;)