6.3.06

78 edição e costura

e foi assim, a coser baínhas e botões, que vi a cerimónia dos Oscars! e devo confessar-vos que me descobri mais atenta aos alinhavos que aos discursos. e que raio de cerimónia mais sem graça, previsivelmente um bocadinho mais irreverente, menos previsivelmente sem um momento de emoção (ninguém chorou) ou de surpresas (ok, no fim, não foi o Brokeback Mountain o vencedor, valha-nos isso!)

e foi assim, dedicando-me à costura, que é coisa que acontece raramente mas que me faz sentir muito boa dona-de-casa, que passaram as 3 horas e meia de espectáculo sem que eu adormecesse. entretanto, Dolly Parton? e que raio de rap era aquele que venceu a estatueta?

mas foi assim este ano, e os filmes eram todos muito polémicos, dizem. a homossexualidade é polémica! (ehehehe, em Hollywood?) a transsexualidade ainda mais! pena que o realizador palestiniano não ganhasse o Oscar (melhor filme estrangeiro). enfim, dizem que os judeus na América não gostaram da nomeação. valha-nos que Munique, o segundo filme (depois da Lista de Schindler) da trilogia de Spielberg (aí o Jon Stewart teve piada) tenha tido 5 nomeações mas não tenha ganho nada! mas o melhor argumento não foi para Syriana e isso não quero perdoar. e o George Clooney levou apenas um prémio de consolação. já o filme que realizou e produziu foi esquecido! era polémico? não sei. mas gostei que não se esquecessem de Crash. é verdade que o racismo é um bom tema para ganhar Oscars. mas o filme era mesmo bom.

ah, e o Philip Seymour Hoffman ganhou o Oscar para melhor actor! gostei. desde o Happiness que adoro este actor! mas o Capote, confesso, ainda não vi.

e foi assim que começou uma nova semana. boa semana, minha gente! sem muitas ondas (nem ventos fortes), de preferência. e com alguns bons filmes. se puder ser.

adenda: para saber todos os detalhes mediáticos, winners, discursos e vestidos, vão ao site oficial da Academia e não se esqueçam de o ouvir (tem uns tiques mas não é burro de todo!).

7 comentários:

Bart Simpson disse...

Só vi até esse momento da Doly. Foi a música vencedora?
Confesso que tive de mudar de canal, tal era o vomito que a mesma me causava...

Papo-seco disse...

"Magnólia" viste?

MRF disse...

não Bart, quem ganhou foi: "IT'S HARD OUT HERE FOR A PIMP" dos HUSTLE & FLOW!

não perguntes mais nada :))

MRF disse...

sim, Papo-Seco, mas já o conhecia do Happiness, onde ele foi tão convincente a fazer de tarado sexual, tímido, frustado, solitário, perverso, nojento, etc., (:D) que durante montes de tempo não havia filme com ele que eu não contagiasse com essa imagem! Mas se não viste o Happiness, vê! É de uma ironia rara!

Francisco del Mundo disse...

Concordo que foi chocho mas gostei de algumas coisas... A começar no Jon e a darem o Oscar ao Crash...
Beijo

Alessandro_PPG disse...

Olá! Estou divulgando o meu blog : http://ilustrada-ppg.blogspot.com/ e meu site: http://www.ilustrada.ppg.br/ Ajude a divulgar a arte! Desde já agradeço! Conto com o seu apoio! Abraços !

Ilidio Soares disse...

Estou contigo: para algumas celebrações costuras funcionam melhor como traslado dos gestos do que os vínculos ritualizados da gleba.
bjos
Ilidio