30.3.06

Casanova


Quando olhei para o cartaz, convenci-me que o meu Casanova seria o Russel Crowe. Afinal era Heather Ledger, o cowboy gay do filme mais polémico do ano. Como todas as vítimas do Casanova, bem, aceitei esse pequeno transtorno. Que importância poderia ter uma troca de identidade! E o Ledger tem piada e uma voz ..., unh, ...de cowboy, máscula! :))

O filme é delicioso, como Chocolat, lembram-se? Mas, neste filme, Lasse Hallström fusiona assumidamente vários estilos, da aventura à commedia dell'arte. É brilhantemente assistido por Oliver Stapleton na fotografia. Na verdade, é a qualidade da imagem (no trailer poderão já ficar com uma ideia) e de todas as participações (podemos matar saudades de Jeremy Irons, Lana Olin, Oliver Platt, admirar Sienna Miller) que tornam este filme uma boa diversão.
Ah, este Casanova é tão juvenil, amoroso e afinal! bem comportado que, nesta ida ao cinema, podem levar toda a família!

2 comentários:

sem cantigas disse...

ahhhh??? como é???
para ti vai um zorro com o banderas e zeta-jones!
xiça!

MRF disse...

xiça mesmo! desculpa lá, mas este chega-me, fica tu com o Zorro! ahhh! ahhhh?