22.9.09

À escuta #85

Não quero (ainda) dar um telemóvel às minhas filhas de 9 anos. Elas reclamam porque muitas colegas já têm e enviar mensagens é giro, etc.., mas não me convencem. O que lhes digo é que não devemos comprar coisas que não são necessárias. Talvez por isso, desde o início do ano lectivo, servindo-se do telemóvel de uma amiga, enviam-me sucessivas mensagens. Vai ser difícil alegar que o "brinquedo" não é útil... :)

msg 1 - «teste de estudo do meio já já. qual é o nosso codigo postal?»
msg 2 (depois de ter enviado a resposta) - «não sou burra. só queria os 3 ultimos numeros»
msg 3: «tocou agora e não estás cá. vamos com I.?»
msg 4: «molhei as cuecas a fazer xixi. por favor traz novas»
msg 5 (depois da resposta): «isso é muito tempo, vem ter comigo a casa de banho»
msg 6: «se é 1 terço é uma conta de multiplicar?»
msg 7 (depois da resposta): «vou ter errado no teste»
msg 8: «cantora no museu de cera que eu não sei o nome e gosto?»
msg 9 (da amiga): «elas podem almoçar em minha casa? a minha mãe deixa de certeza»
msg 10 (depois da resposta 1): «por favor»
msg 11 (depois da resposta 2): »a mãe dela deixar sempre e a culpa é tua»

8 comentários:

-pirata-vermelho- disse...

Muito bem,Maria do Rosário! Mantém...

Trata-se de avaliar a vulgaridade(utilidade) alienante, n'est-ce pas?

Maria disse...

pirata, alguma da "alienação" preocupa-me mesmo. dúvidas em testes e xixis caiem-me na fraqueza. quanto ao resto, fico mais convencida da decisão. ;)

Mona Lisa disse...

Olá Rosário

Não sei se daria.Possívelmente não!
Não tive esse problema, pois a minha filha já é crescida(36).

Quando lecionava quase todos os meus alunos do 4-º ano o tinham, mas estava desligado durante as aulas.Só o ligavam em caso urgente.

Bjs.

Lisa

Maria disse...

Olá Lisa,

Estas mensagens também são enviadas nos intervalos, felizmente tb não o permitem na escola delas (pobres professores, era o que faltava!). Mas é isso, cada vez mais crianças com 6-9 anos já têm telemóvel! Haverá certamente casos em que isso se justifique, mas não na maioria..., digo eu! :)

beijinhos

aNa disse...

é tão bom saber porque é que gosto mesmo muito de ti!
beijo, linda.

maria m. disse...

a minha filha mais nova também andou imenso tempo a pedir-nos um, durante o 1º ciclo.

acabámos por oferecer-lho quando fez 11 anos (já estava no 5º ano), com a condição de só o usar em situações mesmo necessárias (acabar as aulas mais cedo e telefonar para a irmos buscar, etc)... mas o «necessário» dela é, claro, muito diferente do nosso...

um beijo.

Maria disse...

maria m., estou a apostar também nessa idade, numa escola mais distante de casa... ;)

beijinhos

Maria disse...

aNa graça, deixas-me semmpre tão mimada :)

beijos às duas