22.6.09

Food, taste and hunger

Em 2006, por ocasião do 56º Festival Internacional de Cinema de Berlim, foi lançado um convite para a criação de uma curta-metragem temática sobre "Food, Taste and Hunger". A Organização recebeu 3600 candidaturas, mas seleccionou apenas 32 para a Berlinale Talent Campus. Este filme, do realizador Ferdinand Dimadura, foi considerado "The most popular short film" na competição.

Como li no Caderno de Sociologia (onde encontrei o filme), o problema não está na riqueza mas na sua distribuição. mais, talvez o problema não esteja sequer na desigualdade da distribuição, mas no excesso dessa desigualdade. Repito a citação de Agostinho da Silva que me acompanha há dias: «Sinto-me cada vez mais apaixonado por coisas que a matemática não prova que existam». Um dia, vai deixar de ser assim. Um dia, a demência do homo sapiens sapiens vai exprimir-se noutros territórios que não o do consumismo e da fome.

2 comentários:

Claudia Sousa Dias disse...

esperemos que sim.ou...não sei...

espero que não seja em coisas ainda piores...

olhe, tens um prémio no hasempreumlivro (mais um)


beijinho


csd

maria m. disse...

a curta-metragem é uma lição!

e concordo que a questão está no excesso da desigualdade, dessa e de muitas outras.