17.9.05

Produto


Faz hoje exactamente 23 anos que comecei a namorar com um rapaz chamado Paulino. O namoro demorou 11 dias. Ele fazia (faz) anos daqui a 3 dias. Ele e o namorado que tive a seguir. Alguém me explica por que razão eu não esqueço nenhuma data? Se vos parecer óbvio que ele foi muito importante na minha vida, ou que ter dois namorados nascidos num 20 de Setembro é inesquecível para qualquer um, saibam que também sei de cor as datas de aniversário de todos os vizinhos da casa onde vivi em criança (D.Irene: 17/10, D.Helena: 9/07, Quim: 9/12, Teresinha:4/01, Guida:4/04, Alfredo:10/06, Paula: 29/06, Florbela:7/12, Marta:10/07, Marco:27/06 and so on) ou da maior parte das minhas colegas da escola primária (Estela: 23/01, Claúdia: 15/04, Cristina: 8/06, ...). Em quase todos os dias do ano, ouço um "tlim" e lembro-me que fulano ou fulana que não vejo há mais de vinte anos faz anos! Uma vez o "tlim" apontou para uma ex-colega da Universidade que eu não via há uns oito anos. Como ainda tinha um número de telefone, resolvi ligar-lhe. Ela atendeu mais rapidamente do que esperava. Disse-lhe que me lembrara do seu aniversário e..., ela começou a chorar copiosamente. É um tipo de memória que não faz bem a ninguém!

Por outro lado, sou incapaz de fixar preços. Sobre o custo das coisas, tenho "uma ideia", sei se é muito, assim-assim ou pouco caro, sei se posso ou não posso pagar. No local, olho o preço, posso comparar com outros produtos similares, mas depois, pfff, evapora-se. Não me perguntem o preço dos bens de primeira necessidade, do preço ao quilo disto ou daquilo, tudo coisas que compro quase todos os dias!

Não sei se isto quer dizer qualquer coisa de especial sobre mim. O que sei é que olhei para o PC, vi "17 de Setembro", e desta vez o "tlim" produziu um post.

4 comentários:

bin_tex disse...

tás ai?

bin_tex disse...

Já está

beijos

francis disse...

Tens bom coração. "Apenas" isso...

I disse...

quer dizer que és diferente da Grande Turba. Mais afinada. Desafinas pela afinação. Que interesse pode ter lembrarmo-nos dos preços? Nenhum. Se precisarmos dos bens ou serviços e desde que tenhamos dinheiro para os pagar, compramo-los.Agora lembrarmo-nos do dia especial de algumas(muitas, no teu caso) pessoas que fizeram e fazem parte das nossas vidas, iso sim, é deveras extraordinário.