11.10.06

Jacinta


Antes d' O Contrabaixo, vamos poder ver e ouvir uma diva, JACINTA, a cantora de jazz portuguesa, the one.


Concerto Jacinta Quinteto
Teatro Aveirense - Quarta, 11 de Outubro
21:30


- Adenda -----pós espectáculo
Sim, o quinteto é virtuoso. Arrepiante, o baterista João Lencastre. Exímios, Rui Caetano (piano) e Jorge Reis (sax). Sensual, vibrante, o contrabaixista João Custódio - adorei o som e a forma como os dedos dançavam nas cordas (sim, sou suspeita, com esta predilecção por contrabaixos). Sim, Jacinta, que mergulha em variações de Duke Ellington, António Carlos Jobim ou até Zeca Afonso, sempre com um sorriso e muito sentido de groove e swing. E no fim, um sentimento muito particular, uma empatia, algo que emergiu devagarinho e me distraiu, mas observar aquela mulher situou-me numa geração, a minha, e observar o seu corpo, foi como ver-me ao espelho, olha estou diferente, ela também, mais redonda, cheia, mãe (a filha de seis anos estava na plateia, as minhas filhas de seis anos dormiam), e esta vontade de rir, de fruir, que ficou dos vinte anos, de sempre. Saí de lá a cantar Chega de Saudade do Jobim. Sim, chega.

1 comentário:

francis disse...

Não gosto de Jazz. No entanto, já ouvi a Jacinta e gostei. Enfim... talvez tenha dupla personalidade ou estja aprendendo novos sabores :-)
Um beijo.