22.6.10

Carlos Souto (1943-2010)

Difícil acreditar! Adorava o Engº Carlos Souto. Dia muito triste. Obrigada pelas conversas tão vivas e interessantes, pela boa disposição permanente, pela generosidade, pela cervejinha fresca há tão poucas semanas no Mercado Negro, pelas brincadeiras com as minhas filhas no Merendeiro, pelo dinamismo aquando da exposição de pintura no ciclo «Silêncio», obrigada mesmo! Encontrar alguém como o Engº Carlos Souto por essas ruas de Aveiro, com a sua boina, a sua presença imensa, era umas das razões que me fazia gostar desta cidade (por vezes tão cinzenta). Este é um dia muito triste.

[Fotos tiradas em Abril 2010]

4 comentários:

Luís Belo Ferreira disse...

Recordemos a voz e o humor do António Carlos Souto, numa entrevista que ele fez em 1989 ao António Portugalzinho (figura da terra que também creio já não está mais entre nós)

http://www.facebook.com/video/video.php?v=1443325210439

Maria disse...

Muito obrigado, Luis Belo Ferreira. Contagiante. Comovente.

Simone Villas-Boas disse...

Triste perder um amigo.

Claudia Sousa Dias disse...

um beijo, minha querida...